Principiologia – Nacionalismo

Iremos iniciar uma série de publicações (não consecutivas) para detalhar os princípios que regem nosso grupo para que todos possam ter uma melhor compreensão do nosso pensamento. Nesse iremos abordar o NACIONALISMO.

PRINCIPIOLOGIA DA JCS: NACIONALISMO

Antes de discorrer sobre o tema precisamos esclarecer a questão “Patriotismo ou Nacionalismo?”.

Patriotismo é a crença no próprio país, uma unidade conhecida como o “Estado-Nação” porque ela unifica Nação (tribo, raça) e estado político, significando que uma população não é mais definida por herança e cultura apenas, mas pelas fronteiras políticas e econômicas de seu estado paterno. [1]

Em contraste às crenças patrióticas, a crença nacionalista está centrada em tribo e cultura, e portanto é inerentemente baseada em comunalidade e interesse coletivo. Nenhum país será feliz caso a soberania e honra de sua nação sejam esmagados e seu caráter nacional desconsiderado. É o sentimento ideológico e a psicologia dos membros de uma nação amar sua nação, apreciar suas características e interesses, e almejar sua prosperidade. O nacionalismo reflete este sentimento e psicologia. Em outras palavras, o nacionalismo é uma ideologia que advoga o amor pela nação e a defesa de seus interesses. Como o povo esculpe o seu destino enquanto vive dentro do Estado-Nação como uma unidade, o nacionalismo genuíno constitui um patriotismo. A natureza progressista do nacionalismo está no fato de que ele é uma ideologia patriótica que advoga a defesa dos interesses nacionais.[2]

Hoje nossa nação vive subjugada por grupos e partidos políticos que não promovem nem pensam no bem do povo e sim no bem de um grupo restrito, não se importam em lutar pelos avanços sociais verdadeiros e sim se limitam a seus programas (ridículos) partidários. Nem a direita neoliberal nem a esquerda pós-moderna poderá promover uma real mudança ou lutar pelo povo verdadeiramente, ambos pensam nos benefícios para os seus e nada mais. Ambos lutam por algo falso, temporário, puramente materialista e degenerado.

Por essa razão, há uma convergência em uma terceira via(de nossa parte e de outros grupos), dado que aqueles que se importam com o futuro mais do que com uma “carreira” política estão interessados em resolver o problema, e eles percebem que a democracia partidária distrai ao invés da focar na questão – e até pior, cria a ilusão de que alguma mudança está ocorrendo.

Portanto, nós devemos embarcar em um programa levando a cada vez maior soberania e segurança para nossa nação. Não devemos deixar QUALQUER governo impor políticas e programas que sejam danosos aos interesses de nossa nação. Devemos denunciar, combater e resistir a todos eles como for preciso. Nossa marcha é rumo a vitória, mas não a vitória da Juventude Conservadora de Sergipe e sim vitória de nossa nação, de nosso povo. A marcha é lenta mas estratégica, é demorada mas o combate é progressivo e gradual. Avançaremos sempre e resistiremos as investidas do mundo moderno e quem compactua com ele.

Avante!

[1]http://goo.gl/TUagvr
[2]http://goo.gl/TUagvr

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s